Vale do Paraíba promove capacitação em pecuária leiteira

Nos dias 25 e 26 de janeiro, a CATI Regional Pindamonhangaba realizou uma capacitação técnica abordando a temática “Atualização em Fundamentos, Índices Econômicos e Zootécnicos”. O treinamento faz parte do cronograma previsto regionalmente pelo Plano de Bovinocultura Leiteira "Mais Leite, Mais Renda”.

A primeira atividade de 2018 foi dirigida especialmente aos técnicos das Casas da Agricultura, com a participação de representantes de outras instituições públicas e privadas e de produtores rurais. Segundo o engenheiro agrônomo Domingos Vaz, gestor do Plano na região de Pindamonhangaba, o "Mais Leite, Mais Renda" está sendo desenvolvido de acordo com o Plano Estadual de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira e tem buscado parcerias com entidades integrantes da cadeia produtiva do leite. “Nessa ação, reunimos esforços com o Sindicato Rural, a Prefeitura Municipal, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e a Embrapa-Pecuária Sudeste, com o objetivo de difundir novas tecnologias da pecuária leiteira”.

O Sindicato Rural de Pindamonhangaba atuou na organização do evento, que teve o apoio da Cooperativa de Laticínios do Médio Vale do Paraíba (Comevap), organização de pecuaristas que integram o Arranjo Produtivo de Leite e Derivados, do qual a CATI Regional Pindamonhangaba também faz parte. Segundo o médico veterinário Haley de Carvalho, diretor da CATI Regional, “a capacitação foi uma oportunidade de aproximação dos parceiros, de divulgação do Plano Estadual da Bovinocultura Leiteira e, sobretudo, de aprendizado dos extensionistas que trabalham nos municípios com a cadeia leiteira”.

Além da parte teórica, na programação de campo, durante visitas às propriedades, houve a oportunidade de abordagem sobre a exploração leiteira em sistema intensivo de pastagens, com exposição das técnicas e ferramentas utilizadas. Foram visitados o Sítio Aleixo, em Taubaté, do pecuarista Guilherme Goulart, e a Fazenda Santa Maria de Caçapava, de Geraldo Peretta, que são assistidas pelas Casas da Agricultura locais e estão inseridas no Plano de Bovinocultura.

A parte teórica da capacitação foi realizada no auditório da CATI Regional Pindamonhangaba, com palestras técnicas sobre "Índices de produtividade na propriedade leiteira", ministrada pelo engenheiro agrônomo e pesquisador da Embrapa-Pecuária Sudeste, Artur Chinelato, complementada pelos extensionistas da CATI, Maria de Fátima Cardoso, da Casa da Agricultura de Taubaté, e Wagner Okabe, da Casa da Agricultura de Caçapava.

Participaram cerca de 70 pessoas, entre técnicos das Casas da Agricultura, prefeituras municipais, outros órgãos de extensão rural, empresas privadas, agentes financeiros e produtores de diferentes localidades da região metropolitana do Vale do Paraíba.

A CATI Regional Pindamonhangaba já tem programado o próximo evento, dia 28 de fevereiro, dirigido aos representantes de toda a cadeia produtiva no Vale do Paraíba, que terá o formato de uma reunião de trabalho para a divulgação do Plano de Desenvolvimento da Bovinocultura Leiteira Paulista "Mais Leite, Mais Renda". O encontro será de 9h30 às 13h30, no auditório da CATI Regional Pindamonhangaba, Avenida Nossa Senhora do Bom Sucesso, 1.181. Todos os interessados estão convidados para discutir um Plano Regional da Bovinocultura Leiteira e eleger o Grupo de Trabalho responsável.

Mais informações: (19) 3743-3870 ou 3743-3859

jornalismo@cati.sp.gov.br