Feira do Produtor Rural leva produtos direto da “roça” para consumidores em Urupês

As noites de terça-feira ganharam um novo sabor no centro de Urupês, município de pouco mais de 11 mil habitantes, ligado à esfera de atuação da CATI Regional Catanduva. Fruto de uma parceria entre a prefeitura municipal, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Sindicato Rural, nasceu a Feira do Produtor Rural, que tem se consolidado como um ponto de encontro entre agricultores e consumidores. “Esta era uma reivindicação dos produtores: ter um espaço para comercializar de forma direta seus produtos. Nós viabilizamos o local, na praça central da cidade, e com apoio do Senar possibilitou-se a capacitação dos produtores em gestão do negócio; até na forma adequada de construir e montar as barracas. Na parte de produção, para levar alimentos de qualidade aos consumidores contamos sempre com a CATI, que apoia tecnicamente os nossos agricultores”, explicou Alcemir Cássio Greggio (Bica), prefeito municipal de Urupês.

       

Em barracas padronizadas, os produtores comercializam seus produtos cultivados ou confeccionados com matéria-prima da área rural do município. Frutas, hortaliças, polpa de frutas, pães e doces caseiros são alguns dos produtos que os moradores e visitantes encontram na feira, que tem início à tarde e se estende até à noite.

Outro diferencial da Feira do Produtor de Urupês é a grande oferta de alimentos orgânicos produzidos localmente, por produtores que têm apoio técnico da CATI. “Nós contamos com o apoio técnico da CATI na propriedade há muitos anos, assim pudemos fazer de forma adequada a transição para a produção orgânica. Comercializamos parte da nossa produção, por meio de uma cooperativa com sede no município de Novo Horizonte, mas ter um espaço para vender direto para as pessoas da nossa cidade é um sonho realizado. Pois, além de vender, fazemos amigos e é muito gratificante ter o retorno deles sobre o que produzimos com dedicação, dia após dia, lá no sítio”, diz Joana Lourenceto, produtora rural de hortaliças.

       

Consumidora assídua, a professora Andreia relata sua experiência: “É muito bom poder comprar diretamente dos produtores. E a oferta de produtos orgânicos, com preço acessível e qualidade superior, é uma maravilha para que possamos ter uma alimentação mais saudável, além do fato de que já nos tornamos amigos dos produtores, que são moradores aqui da cidade”.

Animados com a experiência e gratos pela oportunidade de comercializar de forma direta seus produtos, selando um elo de amizade com os consumidores, os produtores têm boas perspectivas e sonham até com a ampliação do negócio. “Estou em Urupês há dois anos. Com a minha família cultivo frutíferas e produzo as polpas de frutas. Ter feito o curso com o Senar e poder contar com esse espaço de comercialização foi fundamental para o nosso negócio. Estou muito feliz e satisfeito, por isso até penso em ampliar os negócios futuramente”, compartilhou Lourival Donizete Pereira, produtor rural.

Mais informações: (19) 3743-3870 ou 3743-3859

jornalismo@cati.sp.gov.br