Aprovados no concurso da SAA escolhem vagas

O clima no auditório da CATI, em Campinas, neste dia 5 de abril foi de alegria para centenas de pessoas oriundas de várias partes do Estado de São Paulo, e até de outros Estados, que prestaram o último concurso da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA). A reunião foi para escolha de vagas nas áreas técnicas e administrativas das Coordenadorias de Assistência Técnica Integral (CATI) e de Defesa Agropecuária (CDA).

O coordenador substituto da CATI, Ypujucan Caramuru Pinto, falou sobre a importância dessa seleção. “Esse concurso aconteceu em um momento muito importante para a nossa instituição, pois o nosso quadro está cada vez mais reduzido, por conta de um grande número de aposentadorias, que tende a aumentar nos próximos meses”.

Dirigindo-se diretamente aos candidatos a assistentes agropecuários nas categorias de engenheiro agrônomo, médico veterinário e zootecnista, Ypujucan destacou: “É com alegria que os recepciono. Vocês irão trabalhar nos principais lugares da CATI: as Casas da Agricultura, onde atuarão diretamente com os produtores, levando a eles nossos produtos e serviços, bem como apoiando-os no acesso às políticas públicas, contribuindo para o desenvolvimento sustentável da área rural do Estado de São Paulo”.

       


Rodrigo César Rossi, zootecnista, classificado em primeiro lugar, assumirá a Casa da Agricultura de Cananéia, vinculada à CATI Regional Registro, falou sobre a sua expectativa. “Eu conheci o trabalho da CATI quando ainda era estudante de Agronomia na Universidade Estadual Paulista (Unesp) – campus de Jaboticabal e fazia parte da empresa júnior local, que organizava Dias de Campo, sempre com o apoio da instituição. Começou aí minha admiração pelo trabalho dos extensionistas. Estou com muita expectativa de começar a trabalhar, pois irei para uma região diferenciada, onde as principais criações são de ostras e pescados, com algum rebanho de bubalinos. Tive a oportunidade de conversar, hoje, com o diretor da CATI de Registro, que me esclareceu muitas dúvidas e me animou para este desafio”.

Classificado em primeiro lugar, para assumir uma vaga como engenheiro agrônomo na Casa da Agricultura de Espírito Santo do Pinhal, vinculada à CATI Regional São João da Boa Vista, Evandro da Silveira Bueno já tem uma história com a instituição. “Há alguns anos, eu trabalho como conveniado pela Prefeitura Municipal de Serra Negra (vinculada à área de atuação da CATI Regional Bragança Paulista), na Casa da Agricultura local. Fiquei muito feliz de ter passado no concurso, pois admiro o trabalho da instituição e seu compromisso com o produtor rural. Estou animado para continuar contribuindo com os produtores, agora em uma nova região, que tem outra realidade agropecuária. Será um bom desafio!”.

Na área administrativa foram preenchidas 18, das 19 vagas disponibilizadas, em várias regiões do Estado, nos cargos de técnico, agente, oficial e auxiliar de apoio agropecuário.

Na área técnica de assistentes agropecuários foram preenchidas as 40 vagas disponibilizadas para engenheiros agrônomos; as sete vagas para médico veterinário; e uma vaga para zootecnista.

       


A partir de agora, os aprovados que escolheram as vagas concluirão trâmites legais e aguardarão a nomeação para assumir o cargo. O concurso tem validade por dois anos, com possibilidade de renovação por mais dois. Sendo assim, outros candidatos aprovados no certame poderão ser chamados, em caso de abertura de novas vagas.

Mais informações: (19) 3743-3870 ou 3743-3859
jornalismo@cati.sp.gov.br